Vinagrete

Mário Nogueira no tom habitual

Nem sei se Nogueira se limita a ser um sindicalista profissional, como parece, ou se terá alguma vez dado uma aula, e se essa aula terá sido razoável.

Mário Nogueira andou por aí a afirmar por todo o lado que o Governo nada fizera para iniciar o ano lectivo em segurança, tendo perdido demasiado tempo.

A dizerem precisamente o contrário, tivemos a directora-geral da Saúde e, do Governo, pelo menos a ministra da Presidência. Alguma das partes mente descaradamente.

Vamos a ver qual será. As fakenews parecem de moda, com Trump. Além do mais, eficazmente. Por mim, embirro ainda mais com Nogueira do que com a Sra. directora-geral da Saúde. Nem sei se Nogueira se limita a ser um sindicalista profissional, como parece, ou se terá alguma vez dado uma aula, e se essa aula terá sido razoável.

Entretanto, a DGS deu a conhecer as orientações sobre a matéria, talvez demasiado tarde (como afirmou o PR), que Nogueira certamente contestou. Já se sabe que os directores das escolas têm responsabilidade para tomarem muitas decisões relacionadas com a matéria, o que nem sempre lhes agradará. Quem parecem satisfeitos são os pais, a avaliar pelos seus representantes. E outras forças políticas. Talvez as próprias autarquias.

Mas o senso comum diz-nos para não esperar nada de bom desde facto, no número de infecções.