Vida

Kanye West: "Não vou ficar parado a ver o meu povo ser escravizado"

Cantor diz que não há novas músicas enquanto mantiver o seu contrato com a Universal e a Sony.

Kanye West anunciou, esta terça-feira, que não iria lançar uma música nova enquanto mantiver o seu contrato com a Universal/Sony.

"Preciso de ver os contratos de toda a gente, na Universal e na Sony”, começou por escrever no Twitter. Não vou ficar parado a ver o meu povo ser escravizado. A NBA e a indústria musical são os navios de escravos dos tempos modernos e eu sou o novo Moisés", acrescentou na mesma publicação.

A ‘guerra’ entre o cantor e as editoras começou há já alguns anos. O ano passado, o músico processou a Universal e a Sony por direitos de propriedade e alegando ter royalties a receber.

O último disco do cantor foi editado em outubro do ano passado. Depois de “Donda”, o cantor prometeu um novo disco para julho este ano, que não chegou a ser editado.