Internacional

Messi junta-se a Ronaldo no grupo dos multimilionários da Forbes

Argentino será o futebolista mais bem pago do mundo em 2020, ultrapassando Ronaldo.

O jogador argentino Lionel Messi juntou-se ao português Cristiano Ronaldo e tornou-se o segundo futebolista da história a ultrapassar a marca dos mil milhões de dólares em receitas, obtidas ao longo da carreira, de acordo com a revista Forbes.

Mas Messi não entra só para a lista, segundo a revista, o argentino será o jogador de futebol mais bem pago do mundo em 2020, com 126 milhões de dólares (107 milhões de euros), que incluem os 92 milhões de dólares (77 milhões de euros) em salários pagos pelo FC Barcelona e 34 milhões de dólares (28,5 milhões de euros) em patrocínios e publicidade.

Assim, Cristiano Ronaldo surge em segundo lugar do pódio, com 117 milhões de dólares (98,3 milhões de euros), e Neymar em terceiro, com 96 milhões de dólares (80 milhões de euros).