Sociedade

GNR realiza "maior apreensão" de droga "alguma vez feita em Portugal" em Santarém

 Dois homens, de 35 e 50 anos, acabaram por ser detidos.

A GNR realizou a "maior apreensão alguma vez feita em Portugal e uma das maiores da Europa", esta terça-feira, em Almeirim, Santarém. As autoridades aprenderam 14 toneladas de canábis em duas empresas detentoras de terrenos agrículas e estufas da região. 

A situação estava a ser investigada há cerca de 30 dias pela GNR. Dois homens, de 35 e 50 anos, acabaram por ser detidos, no passado dia 1 de setembro, e constituídos arguidos pelo crime de tráfico de estupefacientes. 

Foram apreendidos 23.000 pés de plantas de canábis, com um peso de 14 toneladas, 17 sacos de sementes de canábis (91 quilos), oito recipientes com material de cultivo e fertilizantes, entre outros.

 Esta operação foi desenvolvida no concelho de Almeirim e Salvaterra de Magos, tendo sido empenhados militares do Posto Territorial de Almeirim, do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santarém, da Secção de Informações e Investigação Criminal (SIIC), do Destacamento de Intervenção (DI), do Destacamento Trânsito (DT) e do Pelotão de Apoio de Serviços, contando ainda com o reforço da Unidade de Apoio Geral da GNR, de acordo com um comunicado das autoridades enviado às redações.