Sociedade

Sucesso do ano letivo é "um desafio e missão nacional", afirma Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente afirma ainda que um ano letivo falhado é algo que irá prejudicar todos os ramos do país, desde o emprego, à economia e à saúde.

O Presidente da República disse, esta terça-feira, que o "desafio e missão nacional" é que o ano letivo corra bem e diz que esta é uma responsabilidade de todos os portugueses. "Todos estamos interessados em que o ano letivo corra bem, é uma missão nacional, não é a missão de um Governo, de um partido, de um sindicato, de um patronato, de responsáveis de escolas, de pais, de alunos ou de autoridades sanitárias, é uma missão de todos", afirmou Marcelo Rebelo Sousa, durante uma visita à Escola Básica de Gueifães, na Maia, distrito do Porto, onde também esteve presente o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. 

O chefe de Estado assumiu ainda que vai ser um "ano letivo difícil" mas que terá de correr "o melhor possível" de modo a que tanto os pais, como as crianças, jovens e professores não percam o ano, algo que este recusa. "Não é concebível e não vai acontecer" aponta Marcelo Rebelo de Sousa, que se mostra positivo em relação à situação. "Nós vamos ganhar o ano", afirmou ainda. 

O Presidente afirma ainda que um ano letivo falhado é algo que irá prejudicar todos os ramos do país, desde o emprego, à economia e à saúde. “Está tudo ligado”, assume. Marcelo apela ainda à “atenção, comunicação, diálogo e rapidez de respostas” entre os portugueses, de modo a que seja mais fácil alcançar o sucesso. "Temos de remar no mesmo sentido transformando aquilo que é um pequeno problema num pequeno problema que se resolve e não num pequeno problema que se converte num grande problema”, acrescentou.