Sociedade

Funcionários infetados com covid-19 levam ao encerramento de colégio no Porto

Os funcionários trabalham na creche e ensino pré-escolar do Colégio Eurythmia.

O Colégio Eurythmia, no Porto, encerrou, esta segunda-feira, depois de vários funcionários da creche ou ensino pré-escolar do estabelecimento terem testado positivo à covid-19, segundo declarações da sócia-gerente, Joana Cunha, à Lusa. Segundo a responsável, o Colégio foi encerrado depois da direção ter conhecimento de que três funcionários estavam infetados com o novo coronavírus. Mais tarde, vieram a ter conhecimento que mais um dos colaboradores estava infetado. 

Todo o espaço já foi submetido a uma desinfeção geral, e de acordo com a sócia-gerente a situação está a ser acompanhada pela Direção-Geral da Saúde. Todos os funcionários realizaram o teste de despiste à covid-19, sendo que alguns já receberam o resultado e não estão infetados e outros estão a aguardar a análise. 

Apesar de não ter sido uma indicação das autoridades de saúde, várias crianças também realizaram o teste à covid-19, por decisão dos encarregados de educação, e, até ao momento, “nenhuma criança da creche ou ensino pré-escolar testou positivo” para o novo coronavírus.