Economia

Portugal coloca 1 750 milhões em dívida com juros mais baixos de sempre

A seis meses foram colocados 500 milhões de euros em bilhetes do tesouro à taxa média de -0,520%, mínima de sempre. Os bilhetes do tesouro a 12 meses foram colocados à taxa média de -0,507%. 

A Agência da Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) realizou esta quarta-feira um leilão de dívida no valor de 1 750 milhões de euros – 500 milhões de euros em bilhetes do tesouro a seis meses, com maturidade a 19 de março de 2021, e 1 250 milhões de euros a 12 meses, com maturidade a 17 de setembro do próximo ano –, que obtiveram as taxas de juro mais baixas de sempre. 

A seis meses foram colocados 500 milhões de euros em bilhetes do tesouro à taxa média de -0,520%, mínima de sempre, que compara com a verificada em 15 de julho, quando o mesmo valor foi conseguido à taxa média de -0,467%. Os bilhetes do tesouro a 12 meses foram colocados à taxa média de -0,507% (-0,452% na última operação similar). 

A procura atingiu os 1178 milhões de euros para os bilhetes do tesouro a seis meses (2,36 vezes o montante colocado) e 2 325 milhões de euros para o mesmo produto a 12 meses (1,86 vezes o montante colocado).