Vida

Noel Gallagher contra a utilização de máscaras para conter covid-19

Gallagher diz que caso seja infetado pelo novo coronavírus esta questão apenas lhe diz respeito a ele.

Noel Gallagher, ex-membro dos Oasis, mostrou-se contra a utilização obrigatória de máscaras em centros comerciais e  transportes públicos, uma medida tornada obrigatória pelo Governo ingles com o intuito de conter a propagação da covid-19. "É tudo um disparate. É suposto que a uses na Selfridges [cadeia de lojas], no entanto podes ir a um pub e estar rodeado de pessoas. Sabes o que isso significa? É como se fosse, 'na verdade não há vírus nos pubs mas há na Selfridges?’", questionou o músico durante uma entrevista ao podcast The Matt Morgan. 

O guitarrista falou ainda sobre a questão de ser obrigatório utilizar máscaras em transportes no Reino Unido. Gallagher aponta que durante toda a viagem é obrigatório o uso da máscara, no entanto, caso o passageiro queira comer uma sandes pode retirar a máscara. "Este vírus assassino vai-me atacar, durante a viagem mas vai ver-me a comer uma sandes e vai deixar-me almoçar?" ironizou. 

Gallagher afirma que muitos direitos estão a ser roubados à população e diz que caso seja infetado pelo novo coronavírus esta questão apenas lhe diz respeito a ele. "Não me importo. Escolho não usar e se ficar infetado tem a ver comigo, não com mais ninguém. Se todos estiverem a usar máscara não me vão infetar e mesmo se eu tivesse não lhes transmitiria", apontou.