Internacional

OMS recomenda vacinação contra a gripe para ajudar no combate a segunda onda de covid-19

Peritos da OMS lembram que os casos mais graves de gripe podem necessitar de internamento hospitalar, sobrecarregando os serviços de saúde, e que, em alguns casos, os sintomas de ambas as doenças podem confundir-se.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou, esta quarta-feira, a vacinação contra a gripe de forma a facilitar a luta contra a covid-19 na segunda onda da pandemia.

Os peritos da OMS lembram que os casos mais graves de gripe podem necessitar de internamento hospitalar, sobrecarregando os serviços de saúde, e que, em alguns casos, os sintomas de ambas as doenças podem confundir-se.

“Apelamos especialmente às pessoas com condições médicas preexistentes para que se vacinem contra a gripe”, disse o diretor de Emergências Sanitárias da OMS, Mike Ryan, durante uma sessão pública de perguntas e respostas emitida pela agência das Nações Unidas online.

Também Maria Van Kerkhove, diretora técnica da OMS para a covid-19, alertou para as “tendências preocupantes” que se estão a observar evolução da pandemia em países do hemisfério norte devido ao aumento de casos, numa altura em que estes países se aproximam da temporada da gripe.

A OMS refere que a preocupação é que o aumento de casos do novo coronavírus e da gripe aconteça ao mesmo tempo, dificultando o trabalho dos profissionais de saúde.