Sociedade

Luís Filipe Vieira e Rui Rangel constituídos arguidos na Operação Lex

Há 17 arguidos que seguem para julgamento, entre eles dois magistrados. A Operação Lex já decorre há quatro anos.

A procuradora Maria José Morgado avançou, esta sexta-feira, com a acusação contra 17 arguidos. Na lista de nomes estão Fátima Galante, Rui Rangel, o presidente do Benfica, o vice-presidente do clube Fernando Tavares, e ainda João Rodrigues, advogado e ex-presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

Todos estão acusados pela ‘’prática dos crimes de corrupção passiva e ativa para ato ilícito, recebimento indevido de vantagem, abuso de poder, usurpação de funções, falsificação de documento, fraude fiscal e branqueamento", como se pode ler na nota da Procuradora-Geral da República (PGR) enviada às redações.

Um arguido foi retirado da acusação e não será julgado porque, segundo o Ministério Público, "foi determinado o arquivamento por insuficiência de indícios probatórios relativamente a um dos arguidos".