Sociedade

União Europeia assina segundo acordo para compra de nova vacina

Bruxelas aderiu também à COVAX, um mecanismo para garantir o acesso equitativo às vacinas contra a covid-19.

A Comissão Europeia confirmou esta sexta-feira a assinatura de um acordo com as farmacêuticas Sanofi-GSK para comprar 300 milhões de doses de vacina, um contrato semelhante que fez com a AstraZeneca, a propósito da vacina Oxford.

A GSK e a Sanofi vão colaborar com o Mecanismo de Acesso Mundial às Vacinas contra a covid-19 (COVAX), um sistema que pretende ajudar os países de rendimentos baixos e médios a ter acesso aos meios de combate ao novo coronavírus. Desta forma, a Comissão Europeia e os 27 Estados-Membros vão contribuir com um empréstimo do Banco Europeu no valor de 230 milhões de euros no âmbito da COVAX.

Estas duas farmacêuticas estão a apostar em técnicas inovadoras para desenvolver uma vacina recombinante: a GSK vai contribuir com a sua tecnologia adjuvante, que permite a produção de mais doses de vacina, e a Sanofi vai colaborar o seu antigénio da proteína S da covid-19, baseado em tecnologia de ADN recombinante.