Sociedade

Aulas suspensas em escola das Laranjeiras após auxiliar testar positivo para covid-19

Outras três funcionárias estão em quarentena. Não existem auxiliares suficientes para o número de alunos.

A Escola Básica1/Jardim de Infância (EB1/JI) das Laranjeiras viu-se obrigada a suspender as aulas do 1º ciclo depois de uma funcionária ter testado positivo para o novo coronavírus. Numa nota enviada aos encarregados de educação a que a Lusa teve acesso o Agrupamento de Escolas das Laranjeiras explica que comunicou o sucedido à delegada de saúde do Centro de Saúde de Sete Rios e foi decretado que três colegas da auxiliar ficassem em isolamento durante 14 dias.

A Câmara Municipal, segundo explicou a escola aos encarregados de educação, foi depois contactada para a “colocação/deslocação de algumas" assistentes operacionais para a escola, mas sem sucesso, uma vez que a autarquia não tinha assistentes operacionais para “colmatar a situação”.

A aulas dos alunos do 1º ciclo da EB1/JI das Laranjeiras começaram na quinta-feira, dia 17 de setembro, e devem ficar suspensas juntamente com o serviço Componente de Apoio à Família (CAF) até existirem assistentes operacionais suficientes. “A situação vai sendo avaliada dia a dia’’, garante o agrupamento.

Esta notícia surge depois de o primeiro-ministro, António Costa, ter anunciado na passada sexta-feira a contratação imediata de 1.500 assistentes operacionais para as escolas quando visitava a Escola Secundária de Alcochete, em Setúbal.