Internacional

Navalny diz que Novitchok foi encontrada no seu organismo mas também sobre o corpo

Opositor russo exige que Moscovo lhe entregue a roupa que usava.

Alexei Navalny disse, esta segunda-feira, que a substância Novitchok foi encontrada no seu organismo, mas também sobre o seu corpo. Num texto partilhado no seu blogue, o opositor russo exige que Moscovo lhe entregue a roupa que usava. 

"Antes da autorização para ser transportado para a Alemanha, retiraram-me toda a roupa e enviaram-me completamente nu. Atendendo a que o Novitchok foi encontrado sobre o meu corpo e que é muito provável um método de infeção por contacto, as minhas roupas são uma prova material muito importante", escreveu Navalny, que se encontra a recuperar num hospital em Berlim, na Alemanha.

"Exijo que as minhas roupas sejam cuidadosamente embaladas num saco de plástico e me sejam devolvidas", acrescentou.

Esta segunda-feira, o opositor russo já tinha criticado o facto de não ter sido aberto um inquérito oficial pelas autoridades quando foi hospitalizado e, nas redes sociais, homenageou a sua mulher.

"Agora, sei por experiência própria que o amor cura e nos transporta para a vida", escreveu Navalny.

Recorde-se que Alexei Navalny se sentiu mal durante um voo, na Rússia, a 20 de agosto. Esteve internado na Rússia, antes de ser transferido para a Alemanha,  onde os médicos concluíram que se tratou de um envenenamento por Novitchok, uma substância neurotóxica concebida por especialistas soviéticos e com fins militares.