Sociedade

Morreu o copiloto do avião Canadair que caiu no Gerês em agosto

Espanhol estava a recuperar em causa depois de ter recebido alta médica num hospital em Salamanca, para onde tinha sido transferido após ter estado internado no hospital de Braga.

O copiloto do Canadair que caiu quando combatia um incêndio na zona do Parque Nacional da Peneda-Gerês, a 8 de agosto, morreu esta segunda-feira em casa, em Babilafuente na província de Salamanca, onde se encontrava a recuperar desde que recebeu alta médica, avançou a imprensa espanhola.

As causas da morte do homem, de 38 anos, não foram ainda determinadas, aguardando-se os resultados da autópsia, segundo vários órgãos de comunicação espanhóis.

Recorde-se que do acidente resultou a morte do piloto, de nacionalidade portuguesa de 65 anos, e ferimentos do copiloto, de nacionalidade espanhola, que foi transportado para o Hospital de Braga, tendo sido transferido para o hospital Virgen de la Vega, em Salamanca, onde acabou por ser operado.

"Depois de receber alta médica foi recebido como um herói em Babilafuente, onde permaneceu todo este tempo para a sua recuperação", lê-se no jornal Faro de Vigo