Internacional

Militares vão patrulhar ruas de Madrid

Imposto novo confinamento em alguns bairros da capital espanhola. Novas restrições não estão a ser bem recebidas.

A presidente da Comunidade de Madrid pediu, esta segunda-feira, ajuda aos militares para tentarem controlar o aumento do número de casos diários, que ditaram um novo confinamento parcial, que afeta alguns bairros da cidade.

"Precisamos da ajuda dos militares para desinfeção e para ajudar a polícia local", disse Isabel Diaz Ayuso.

As novas restições não estão, no entanto, a ser bem recebidas por todos e espera-se que possa haver resistência ao confinamento, imposto em locais onde o ritmo de contágio tem sido mais alto.

Com as novas medidas, quem violar o confinamento obrigatório fica sujeito a uma multa de pelo menos 600 euros.

Sublinhe-se que os novos casos em Espanha têm sido de cerca de dez mil por dia, tendo a maior média de infetados diários de toda a Europa.