Internacional

Sete pessoas morreram devido a explosivo no centro de Moçambique

O acidente ocorreu a semana passada na província da Zambézia, mas a informação só foi conhecida esta terça-feira.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) revelou, esta terça-feira, que sete homens morreram na sequência do rebentamento de um engenho explosivo na província da Zambézia.

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da PRM, Sidner Lonzo, afirmou: "As vítimas apanharam o engenho no dia 14, enquanto praticavam caça furtiva, levaram-no para uma zona residencial e tentaram abrir com uma chave, quando este explodiu".

O porta-voz diz que o que provocou a explosão foi a tentativa de abertura do engenho que "matou instantaneamente as sete pessoas que estavam à volta”. A polícia desconhece que engenho era mas estão a decorrer investigações.

"Enviamos os nossos peritos para saber ao detalhe o que terá acontecido e identificar o tipo de engenho explosivo", concluiu Sidner Lonzo.

O grupo de sete homens pertencia à mesma comunidade do distrito de Pebane, na província da Zambézia, Moçambique.