Sociedade

Jovens voltam a sair à rua pelo clima

"Mobilização climática" deve acontecer esta sexta-feira em vários pontos do país.

Os estudantes voltam a sair à rua na sexta-feira para uma “mobilização climática global” e exigir soluções para a crise ambiental. Em Portugal, as iniciativas devem acontecer em dez cidades do país, como Lisboa, Porto, Aveiro, Coimbra ou Évora.

Pela primeira vez, apesar de esta ser a sexta iniciativa do género em todo o mundo, não se trata propriamente de uma greve, como explicou Bianca de Castro, ativista do movimento Friday’s For Future, à Lusa, uma vez que não se apela que os alunos faltem às aulas.

Bianca de Castro afirmou que estas iniciativas valem pelas mensagens que carregam e não espera, assim, grandes manifestações como existiram anteriormente devido, em parte, ao atual contexto de pandemia.

Não só estão a ser preparadas as manifestações físicas com atividades como desfiles, teatro e mensagens políticas, mas também existir protestos “digitais”, no Algarve e Caldas da Rainha. Nesta “mobilização climática" também devem estar presentes outras organizações pela justiça climática, feministas, antifascistas, antirracistas e estudantis.