Sociedade

Fuga de homem libertado devido à covid-19 resulta em morte de jovem

O suspeito tentou atropelar dois agentes da PSP. Um dos polícias disparou e atingiu uma jovem, que acabou por morrer no hospital.

Um homem com cadastro por vários crimes, que foi libertado da prisão devido à pandemia de covid-19 , terá tentado atropelar dois agentes da polícia que o abordaram na madrugada desta quarta-feira em São João da Madeira. Segundo o Jornal de Notícias, um dos polícias respondeu com tiros contra a viatura e acabou por acertar numa jovem de 23 anos do Porto, que também seguia no carro do suspeito. 

Segundo informou a PSP em comunicado, o homem terá levado a mulher até às urgências do hospital de São João da Madeira, mas foi embora imediatamente. A jovem foi atingida no torso e acabou por entrar em paragem cardiorrespiratória.

A PSP explicou que os polícias de serviço na Avenida do Vale suspeitaram de um carro “com as luzes desligadas, parado junto dos veículos estacionados” e que depois de ouvirem “o ruído correspondente à quebra de um vidro” abordaram os ocupantes da viatura, mas sem sucesso, pois “a viatura suspeita conseguiu fugir do local, sem que fosse possível deter os seus ocupantes”.

O ex-recluso tinha cadastro por crimes contra o património e, desde que foi libertado, na zona de São João da Madeira foi registado um forte crescimento de roubos no interior de carros, informou a PSP.