Desporto

Mercado mexe e Benfica reduz plantel

Águia despede-se de Fejsa e empresta Florentino e David Tavares. Nélson Semedo no Wolverhampton e Suárez junta-se a João Félix.

O mercado de transferências continua a dar que falar. Por cá, e depois das várias chegadas à Luz, o Benfica iniciou o processo inverso, com a semana a ficar marcada por uma série de saídas. Nesta sexta-feira, ficou oficializada a despedida de Florentino Luís para os franceses do Mónaco. A cedência do médio  de 21 anos é válida até final desta época e não inclui cláusula de opção de compra. Ainda antes, tinha ficado confirmado o adeus definitivo a Ljubomir Fejsa, contratado pelos sauditas do Al-Ahli. O médio, de 32 anos, desvinculou-se definitivamente dos encarnados, depois de já na época passada ter estado emprestado ao Alavés, de Espanha. Assinou contrato pelo Ah-Ahli válido por duas temporadas, com opção de estender por mais uma. Ligado ao Benfica desde 2013, foi cinco vezes campeão nacional, além de ter conquistado duas Taças de Portugal, três Taças da Liga e três Supertaças. Ainda nas águias foi anunciada a saída de  David Tavares. O médio chega ao Moreirense cedido por uma temporada.

Já no FC Porto o destaque para a saída de Tiquinho Soares. O avançado de 29 anos rumou no final da semana para a China, onde vai assinar pelo Tianijn Teda. Na sua passagem pelos dragões, o atacante, de 29 anos, apontou 65 golos em 140 jogos. Nos três anos e meio que serviu os dragões, Tiquinho conquistou quatro troféus: foi duas vezes campeão nacional, venceu uma Taça de Portugal e uma Supertaça. Nos azuis-e-brancos é ainda esperada a saída de Alex Telles. Apesar de na última semana ter afastado os rumores que dão conta da sua iminente saída, o lateral poderá juntar-se nos próximos dias a Bruno Fernandes no Manchester United.

Por Inglaterra foi Nélson Semedo quem esteve em destaque. O lateral-direito, ex-Barcelona, assinou contrato com o Wolverhampton válido até junho de 2023, com mais duas épocas de opção. O wolves pagou €30 milhões de euros pelo internacional português, num negócios que pode ascender aos 40 milhões de euros mediante cumprimento de objetivos. Nos lobos, Semedo junta-se aos compatriotas Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Pedro Neto, Daniel Podence, Fábio Silva e Vitinha. No Barcelona, de notar ainda a saída de Luis Suárez. Nos culés desde 2014, despede-se com 198 golos em 283 jogos, tendo conquistado uma Liga dos Campeões, quatro campeonatos, quatro Taças do Rei, duas Supertaças, uma Supertaça europeia e um Mundial de clubes. Aos 33 anos, junta-se a João Félix no At. Madrid, que, por sua vez, emprestou Morata à Juventus de Ronaldo.