Sociedade

Perseguia e vigiava ex-namorada após fim de relação marcada por violência

Jovem, de 24 anos, passou a controlar "totalmente" os movimentos da ex-namorada.


Um homem, de 24 anos, foi detido, pela GNR, por violência doméstica, no concelho de Vila Nova de Gaia.

Num comunicado emitido esta segunda-feira, a força de segurança explica que, no âmbito de uma investigação pelo crime de violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito terá infligido maus tratos verbais, psicológicos e ameaças de morte, durante uma relação de dois anos, à vítima, sua ex-namorada de 23 anos.

Depois da separação, “com a qual o agressor não ficou conformado por motivos de ciúmes, a vítima passou a ser perseguida e vigiada, sendo os seus movimentos totalmente controlados”.

O suspeito, com antecedentes criminais por posse ilegal de arma, foi detido e presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial do Porto, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento e proibição de contactar a vítima e seus progenitores, não se podendo aproximar num raio de 800 metros, bem como proibição de adquirir ou deter armas na sua posse.