Sociedade

Câmara de Lisboa assume responsabilidade por incidente no Metro: "Foi um erro grosseiro"

Um abatimento do teto na estação de metro da Praça de Espanha, em Lisboa, parou a linha azul, esta terça-feira. 

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa falou, esta quarta-feira, sobre o incidente que ocorreu no Metro de Lisboa, na terça-feira, e que provocou quatro feridos ligeiros.  

Fernando Medina admitiu que a CML assume "a responsabilidade" pelo acidente e que a situação foi um "erro grosseiro" das obras que decorrem na zona da Praça de Espanha, durante uma conferência de imprensa, mas sublinha que foi uma situação completamente alheia ao Metropolitano de Lisboa ."No decorrer de uma obra à superfície foi feito algo que nunca deveria ter sido feito, uma perfuração que nunca devia ter acontecido", explicou o autarca. Medina afirma ainda foi aberto um inquérito para "apurar responsabilidades

Recorde-se que um abatimento do teto na estação de metro da Praça de Espanha, em Lisboa, parou a linha azul, esta terça-feira. A linha azul do Metro de Lisboa estará encerrada ao público durante "um a dois dias", e o transporte de substituição está a ser assegurado pela Carris.