Sociedade

Morreu idosa de lar do Entrocamento que estava infetada. Número de casos na instituição subiu para 51

Vítima tinha 101 anos.

Morreu uma das idosas que tinha testado positivo para o novo coronavírus, no Lar dos Ferroviários, no Entroncamento, onde o número de infetados subiu para 51.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, citado pela agência Lusa, um utente, que inicialmente tinha sido considerado inconclusivo, testou positivo à covid-19, aumentando para 51 o número total de infetados no lar. O autarca revelou ainda que morreu uma das utentes infetadas, uma mulher com 101 anos que estava internada no Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Jorge Faria disse também que os resultados dos testes realizados a 311 funcionários - 196 do município e os restantes das juntas de freguesia do concelho – foram conhecidos esta quarta-feira e foram todos negativos. Segundo o autarca mantém-se assim apenas o caso de infeção da funcionária que se havia voluntariado para prestar assistência no lar e que, no teste prévio, revelou estar infetada.

Recorde-se que os primeiros casos no Lar dos Ferroviários foram detetados no passado dia 10 de setembro.