Sociedade

Metro de Lisboa prevê restabelecer a circulação na linha Azul a partir das 23h00

Um abatimento do teto na estação de metro da Praça de Espanha, em Lisboa, parou a linha azul, esta terça-feira, dia 27 de setembro. O acidente provocou quatro feridos ligeiros.

O Metro de Lisboa prevê restabelecer a circulação na totalidade da linha Azul a partir das 23h00 horas desta quinta-feira.

"Após vistoria do Metropolitano de Lisboa e do LNEC- Laboratório Nacional de Engenharia Civil, estão reunidas as condições técnicas e de segurança para a reposição da normal circulação na linha Azul", pode ler-se num comunicado da entidade enviado às redações. 

De acordo com a empresa responsável pela gestão do Metro de Lisboa, tiveram início, no dia 29 de setembro, "os trabalhos preparatórios com vista à betonagem definitiva de reparação da abóbada do túnel". Foram, também, realizados trabalhos de reposição das infraestruturas elétricas, telecomunicações, sinalização ferroviária e reparação dos danos causados na via férrea.

"O Metropolitano de Lisboa agradece aos seus clientes a compreensão manifestada durante o período de encerramento temporário do troço Laranjeiras/Marquês de Pombal da linha Azul em que os trabalhos decorreram, reafirmando o seu esforço no sentido de continuar a promover a mobilidade sustentável, seguindo os melhores padrões de segurança, rapidez e qualidade", pode ainda ler-se na nota. 

Recorde-se que um abatimento do teto na estação de metro da Praça de Espanha, em Lisboa, parou a linha azul, esta terça-feira, dia 27 de setembro. O acidente provocou quatro feridos ligeiros.

O autarca Fernando Medina admitiu que a CML assume "a responsabilidade" pelo acidente e que a situação foi um "erro grosseiro" das obras que decorrem na zona da Praça de Espanha mas sublinhou que foi uma situação completamente alheia ao Metropolitano de Lisboa ."No decorrer de uma obra à superfície foi feito algo que nunca deveria ter sido feito, uma perfuração que nunca devia ter acontecido", explicou Medina.