Politica

António Costa deseja as melhoras a Trump

“Desejo-lhe as melhoras, naturalmente”, disse António Costa em Bruxelas, aos jornalistas.

O primeiro-ministro desejou as melhoras ao Presidente dos Estados Unidos que está infetado com o novo coronavírus, anunciou o próprio, esta sexta-feira.

 “Desejo-lhe as melhoras, naturalmente. É o que se deseja a qualquer pessoa que está doente”, disse o primeiro-ministro português quando falava aos jornalistas após uma cimeira extraordinária de líderes europeus sobre questões geopolíticas, em Bruxelas.

Quando questionado sobre se a infeção de Donald Trump o afetaria na corrida para as presidenciais, António Costa preferiu não comentar. “Não sou analista político, não vou entrar nessa especulação”, afirmou.

Embora seja um dos assuntos do dia, António Costa garantiu que o estado de saúde do Presidente norte-americano não foi comentado durante a cimeira.