Sociedade

Covid-19. SEF reforça efetivo para evitar ajuntamentos no aeroporto de Lisboa

A ANA Aeroportos e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vão reorganizar o espaço do aeroporto de Lisboa. 

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) destacou este fim de semana mais elementos para o aeroporto de Lisboa, com o objetivo de evitar ajuntamentos devido à covid-19, como aqueles que aconteceram há cerca de uma semana. “O SEF reforçou o seu efetivo, à semelhança do que sucedeu no fim de semana passado”, garantiu ao i este serviço de segurança.

ANA e SEF chegam a acordo
Com o intuito de evitar aglomerados, a ANA Aeroportos e o SEF vão reorganizar o espaço do aeroporto de Lisboa. “O SEF, em resposta à proposta enviada pela ANA Aeroportos, apresentou uma contraproposta que consiste no alargamento do espaço na área internacional, permitindo o controlo em simultâneo por mais elementos do SEF, bem como a existência de elementos de apoio da ANA, que estiveram até agora ausentes nestas operações”, explicou o SEF.

Ajuntamento
A 27 de setembro, o aeroporto de Lisboa foi palco de um aglomerado de passageiros, na zona de chegadas, precisamente na área de controlo sanitário. A situação deveu-se à chegada de pelo menos 12 voos – cinco do Brasil, quatro da América do Norte e outros três oriundos de África. Os passageiros, recorde-se, tiveram de estar à espera cerca de uma hora em filas intermináveis.