Economia

GES. 17 ex-gestores com perdão fiscal

Só Ricardo Salgado legalizou 34,1 milhões de euros, segundo os autos do processo Universo Espírito Santo. Era essa a quantia que tinha em várias contas na Suíça.

Um total de 17 ex-administradores e ex-diretores do BES e empresas do Grupo Espírito Santo (GES) aderiu ao Regime Excecional de Regularização Tributária (RERT), em 2005, 2010 e 2012, avançou o Correio da Manhã.

Só Ricardo Salgado legalizou 34,1 milhões de euros, segundo os autos do processo Universo Espírito Santo. Era essa a quantia que tinha em várias contas na Suíça.

Dos outros 16 gestores do BES que também legalizaram dinheiro escondido do Fisco, de modo a evitarem a acusação da alegada prática de crimes fiscais, o Correio da Manhã conseguiu apurar que oito deles regularizaram 20,4 milhões de euros. Falta saber os valores legalizados pelos restantes oito.