Internacional

Agravamento da situação epidémica leva Paris a reforçar medidas sanitárias

Bares vão encerrar.

As medidas sanitárias foram reforçadas em Paris devido ao agravamento da situação epidémica. Esta segunda-feira, o prefeito da polícia de Paris, Didier Lallement, anunciou, numa conferência de imprensa com a presença da autarca da capital francesa, Anne Hidalgo, as novas medidas, nomeadamente que os bares da cidade vão estar fechados nos próximos 15 dias.

Depois de a cidade passar na noite de domingo para zona de alerta máximo, as medidas foram reforçadas. Apesar do encerramento dos bares, os restaurantes vão manter-se abertos, mas com a obrigação de respeitarem um novo protocolo sanitário mais restrito – segundo a imprensa francesa, as mesas não poderão ter mais de seis pessoas e os dados dos clientes serão registados.

Também os eventos com mais de 1.000 pessoas estão proibidos até dia 19 de outubro.

Os ginásios e piscinas continuam fechados e vai continuar também a ser proibida a venda álcool e consumo na via pública a partir das 22h00.