Vida

Mariah Carey explica que não tinha "relação física" com ex-noivo

Mariah Carey e James Packer começaram a namorar em 2015 e nove meses depois anunciaram o noivado, que acabou em 2016.

Mariah Carey explicou a ausência do ex-noivo James Packer da sua biografia The Meaning of Mariah Carey.

Questionada pelo The Guardian, a cantora declarou que no livro estão apenas as relações que valeram a pena e que o noivado com o bilionário não foi uma delas, uma vez que não havia uma relação física entre os dois. De realçar que Mariah Carey e James Packer começaram a namorar em 2015 e nove meses depois anunciaram o noivado, que acabou em 2016.

“Não havia relação física para ser honesta convosco", disse. “Se foi uma relação que valeu a pena, está no livro. Caso contrário, nem aconteceu", rematou.

Na biografia, lançada no último mês de setembro, a artista detalha ainda o seu casamento com Tommy Motolla, que é retratado por Mariah como “controlador”. "Não tinha liberdade como ser humano. Era quase como estar presa. Ele era muito controlador”, afirmou.

Recorde-se que depois do casamento com o empresário, a cantora foi casada com Nick Cannon com quem teve dois filhos gémeos – Moroccan e Monroe, de oito anos.