Vinagrete

O problema catalão

Desde que a Polícia Nacional e a Guarda Civil invadiram há 3 anos assembleias de voto de Barcelona para impedir o referendo sobre a independência da Catalunha, originando momentos de tensão com as pessoas concentradas no exterior, arranjou-se um grande problema para resolver em Espanha, e que já deitou abaixo o Governo do PP de Mariano Rajoy (também afundado em críticas de corrupção).

Os juízes têm sido incapazes de atenuá-lo, limitando-se a deitar achas para a fogueira. Neste caso, o Rei também não foi capaz de tirar nenhuma solução da cartola, contribuindo apenas para a sua desnecessidade. E Madrid mostra-se incapaz de deixar de ser centralista, preferindo estar com os catalães contrariados, a descobrir para eles uma solução a contento de todos.

Talvez eu seja capaz de ver isto tudo, por gostar de pertencer a um Estado pequeno, identificado com uma nação.

Mas os espanhóis têm de fazer coisas mais úteis do que condenações de dirigentes catalães, a última das quais Joaquim Torra. Que tal começar por fazer umas eleições mais verdadeiras, pondo a votar os seus funcionários nas suas localidades de origem?