Economia

Mais de 70% das PME estão otimistas em relação ao futuro

O documento intitulado “Salesforce SMB Trends Report” está focado nas transformações que as PME levaram a cabo para fazer face às alterações de consumo provocadas pela crise pandémica e consequente crise económica.

Apesar da incerteza e da instabilidade, 22% das pequenas e médias empresas (PME) afirmam estar muito otimistas em relação ao futuro do seu negócio, e 50% mostram-se relativamente otimistas, indica o estudo divulgado esta quarta-feira pela empresa tecnológica Salesforce.

O documento intitulado “Salesforce SMB Trends Report” está focado nas transformações que as PME levaram a cabo para fazer face às alterações de consumo provocadas pela crise pandémica e consequente crise económica.

O estudo – que recolhe informações de mais de 2300 líderes e gestores de PME –, indica que as três principais limitações de crescimento das empresas continuam a ser “a manutenção do crescimento financeiro, a capacidade de ir ao encontro das expectativas dos clientes e a possibilidade de atraírem e reterem o melhor talento”. O relatório revela ainda que três em cada cinco gestores de PME em crescimento afirmam que as restrições horárias ou de operação impostas pelos governos locais “ameaçam a viabilidade do negócio (65%) e que os requisitos impostos pelas autoridades de saúde têm um peso excessivo no negócio (59%)”.

Face a um futuro incerto e a um “novo normal” ainda desconhecido, 55% dos gestores inquiridos afirmam que a tecnologia é útil para reforçar as interações com os seus clientes, 51% utilizam-na no crescimento da sua base comercial e, embora as PME em crescimento consultadas tenham a intenção de acelerar o investimento em novas tecnologias devido à pandemia (+65%), apenas uma em cada cinco é que as implementou no negócio, nos últimos seis meses. Já a adoção e escolha das melhores tecnologias aplicadas ao negócios continuam a obedecer aos mesmos critérios, com mais de 70% das empresas a analisar as tecnologias pela sua simplicidade de utilização, fiabilidade do fornecedor e pelo preço.