Internacional

Homem responsável pela morte de George Floyd libertado

Estava detido numa prisão de alta segurança a aguardar julgamento.

O antigo agente da polícia de Minneapolis, Derek Chauvin, responsável pela morte do afro-americano George Floyd, foi libertado, esta quarta-feira, depois de ter sido imposta uma caução de um milhão de dólares. 

O homem de 44 anos estava detido numa prisão de alta segurança a aguardar julgamento, marcado para março de 2021. Chauvin enfrenta acusações de homicídio em terceiro grau e homicídio involuntário (equivalente ao homicídio por negligência) no âmbito do caso da morte de Floyd.

Nas redes sociais várias pessoas estão revoltadas com o facto de Chauvin ter sido solto e já se teme uma nova onda de protestos. Recorde-se que o incidente que levou à morte de George Floyd foi captado em vídeo e depois partilhado nas redes sociais. O afro-americano foi apanhado com uma nota falsa de 20 dólares (18 euros) e durante a detenção Chauvin pressionou o joelho no pescoço de Floyd, durante vários minutos, apesar de este ter dito várias vezes que não conseguia respirar. 

A situação originou vários protestos que começaram de forma pacífica, mas rapidamente escalaram de tom. Na sequência das manifestações, várias pessoas morreram e outras ficaram gravemente feridas.