Sociedade

Aproximava-se de colegas de escola de familiares para depois cometer crimes de abuso sexual

Suspeito, de 47 anos, ganhava confiança e amizade das vítimas, e depois procurava seduzi-las. 

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 47 anos, pela presumível autoria de crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores ocorridos desde há, pelo menos, três anos, na Área Metropolitana do Porto (AMP).

A autoridade revela em comunicado, esta quinta-feira, que o arguido, através das redes sociais, ou aproximando-se de colegas de escola de familiares próximos, conseguiu, numa primeira fase, ganhar a confiança e amizade das vítimas, e de seguida, procurou seduzi-las.

“Comunicados os factos a esta PJ, foram desenvolvidas diligências, que permitiram recolher indícios seguros da prática dos referidos crimes e respetiva autoria, e que culminaram com a detenção do agressor”, revela a PJ.

O detido, serralheiro, com antecedentes criminais por burla, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação adequadas.