Vida

Machu Picchu ‘abriu portas’ só para um turista. Japonês está retido no Peru há sete meses

Japonês cumpriu sonho que o levou ao Peru em março.

Um turista japonês estava retido no Peru desde março devido à pandemia de covid-19, mas agora, sete meses depois, pôde finalmente realizar o sonho de visitar Machu Picchu.

O ministro da Cultura peruano concedeu-lhe uma autorização especial de acesso ao local, que está fechado ao público, devendo apenas ‘abrir portas’ no próximo mês.

O turista japonês Jesse Katayama chegou ao Peru em março para realizar o sonho de visitar as ruínas da antiga civilização Inca, mas a pandemia levou à interdição do Machu Picchu, um dos locais mais visitados do mundo.

Entretanto, meses depois do encerramento o japonês apresentou um pedido especial ao Ministério da Cultura, que foi aceite.

Jesse Katayama cumpriu então o seu sonho de visitar Machu Picchu no sábado passado, e teve ainda um sabor mais especial, visto que era o único turista no local.

 “Isto é maravilhoso, muito obrigada”, disse, num vídeo gravado no local.