Economia

Restauração. Pro.var diz que o Governo se esqueceu do setor no OE

Associação Nacional de Restaurantes acusa o Governo de abandono.

A Associação Nacional de Restaurantes, a Pro.var, mostrou-se insatisfeita com o Orçamento para o próximo ano e garante que o Governo abandonou o setor da restauração. 

“A Pro.var acusa o Governo de abandono do setor, deixando de lado medidas importantes e imprescindíveis para fazer face à grave crise que assola o setor da restauração, como é o caso da descida do IVA, o apoio à redução das rendas, isenção da TSU e mecanismos de apoio a fundo perdido para a manutenção das empresas e do emprego”, lê-se na nota da associação.

Lembrando as perdas do setor nestes meses de pandemia, a Pro.var diz que não ver estas medidas inscritas no OE é “uma desilusão”. 

“O único apoio conhecido que consta é o IVAucher e este é no nosso entender ilusório, pois é dado um benefício ao consumidor que, sem alterar o seu comportamento de compra, beneficia de um desconto adicional, nos habituais consumos”, diz a nota assinada por Daniel Serra, presidente da Pro.varm que deixa o alerta: “Sem receita não há salários e sem apoios não há empregos, a manter-se a situação, recomendamos que o Governo e os partidos que viabilizarem o OE de 2021, se preparem para criar uma dotação necessária para apoio ao desemprego de 150.000 trabalhadores e para assumirem a responsabilidade política na destruição de um capital acumulado de 30.000 empresas”.