Sociedade

Hospital de São João ativa fase 3 do plano de contingência para responder à covid-19. Cirurgias com limitações

Hospital tem registado maior afluência nas urgências. Neste momento tem 53 doentes internados, 11 dos quais em cuidados intensivos

O Hospital de São João, no Porto, decidiu esta tarde ativar o nível 3 do plano de contingência para responder à covid-19. O centro hospitalar justifica a decisão, que terá impacto em algumas das cirurgias programadas, com a necessidade de aumentar as áreas de internamento dedicadas à covid-19 e com a afluência ao serviço de urgência.

"A ativação deste nível implica a alocação do serviço de Medicina Interna à covid-19, tendo impacto direto na limitação da atividade cirúrgica eletiva, ou seja, com a suspensão de parte da atividade cirúrgica programada", indicou ao i o Centro Hospitalar Universitário de São João, adiantando que a medida será acionada nas próximas horas. 

O concelho do Porto registou na última semana a segunda maior subida de casos, só atrás de Lisboa, e as projeções apontam agora para um aumento mais acelerado dos novos casos de covid-19 na região Norte. Como o i avançou na edição de hoje, na última semana a região Norte foi a que registou um maior aumento de casos, uma subida de 76% face à semana anterior. 

Segundo indicações do hospital, neste momento o São João tem 53 doentes internados, 11 dos quais em cuidados intensivos. "O reforço e a mobilização de recursos humanos das várias especialidades, para as diversas áreas, já se encontra em implementação, de acordo com o plano de contingência." O plano de contingência do hospital prevê quatro fases de ativação de resposta, em função das projeções das necessidades de internamento.

O Hospital de S. João é assim o primeiro hospital a ter de suspender atividade programada para lidar com o aumento de casos de covid-19. Segundo o i apurou, na região de Lisboa, onde os hospitais têm sentido maior pressão, esta quarta-feira as unidades estavam com um pouco com mais folga do que na semana passada mas a situação é vista como podendo também alterar-se a qualquer momento. Esta quarta-feira foram reportados 1208 casos em todo o país, dos quais 713 na região Norte, 340 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 94 na região Centro, 32 no Alentejo e 24 no Algarve. O número de doentes internados por covid-19 aumentou para 916 (mais 39 do que no dia anterior).