Sociedade

Portugal não registava tantas mortes por covid-19 desde abril

Registaram-se esta sexta-feira mais 21 óbitos por covid-19 e foram confirmados mais 2.608 infetados

Portugal registou esta sexta-feira mais 21 óbitos por covid-19 e foram confirmados mais 2.608 infetados, o maior número de casos diários no país desde o início da pandemia. Não existiam também tantas mortes e internamentos desde abril.

Dez das vítimas mortais residiam no Norte do país, outras nove na Região de Lisboa e Vale do Tejo e duas no Centro. Desde o dia 27 de abril que não existiam tantos óbitos por covid-19 no país.

Há agora 1.015 pessoas internadas, mais 22 do que o dia anterior, das quais 144 em Unidades de Cuidados Intensivos, mais cinco do que ontem. A última vez que houve tantas pessoas internadas com o novo coronavírus foi a 25 de abril.

Segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, existem, neste momento, 37.687 casos ativos e 51.784 pessoas estão em vigilância por parte das autoridades de saúde.

Nas últimas 24 horas, a maioria das infeções regista-se na região Norte do país, com mais 1.350 infetados, o que representa mais de metade do total dos casos desta sexta-feira (51,8%), segue-se Lisboa e Vale to Tejo, com 775 casos, representando 27,8% do total. Depois, vem a região Centro, que tem novos 323 doentes com covid-19, o Alentejo com 150, a Madeira com 12 e os Açores com quatro.

Segundo as informações divulgadas pela DGS, hoje recuperaram da doença 985 pessoas, num total de 56.066 recuperados desde o começo da pandemia.

Recorde-se que Portugal tem registado, desde há três dias, recordes diários de novos casos, ficando sempre acima da barreira dos 2.000 infetados, na quarta-feira contabilizaram-se 2.072 contágios, ontem 2.101 e hoje 2.608.

Consulte o boletim na íntegra