Politica

Costa garante que polícias não vão "abrir malas para ver o telemóvel"

Primeiro-ministro considera que uso obrigatória de máscara mais é "mais restritivo das liberdades" do que a medida sobre a Stayaway covid.

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que houve uma “má explicação” sobre a aplicação Stayaway Covid e sublinhou que "não é preciso fazer drama".

Numa entrevista promovida pelo PS nas redes sociais, António Costa defendeu que houve "má compreensão e seguramente má explicação" da medida e da forma como esta funciona, fazendo questão de lembrar que a app "não permite de todo a geolocalização das pessoas".

Para o primeiro-ministro a medida também proposta pelo Governo sobre a obrigatoriedade da máscara é "mais restritiva das liberdades".

Questionado diretamente sobre a formo como iria ser feita a fiscalização da utilização da app, Costa sublinhou que a interpretação feita pelos portugueses "também é errada".

“Essa ideia de que a polícia vai andar a fazer operações Stop a pedir para abrirem as malas para ver o telemóvel obviamente não vai existir nem está abrangida sequer", assegurou.

"Quando a mensagem é mal compreendida é porque quem comunicou essa mensagem comunicou mal", acrescentou o chefe de Governo.