Sociedade

Surto em ginásio aumenta número de infetados para mais de uma centena em Évora

Autarca associa surto em ginásio ao crescimento de casos ativos.

Um surto com 33 infetados por covid-19 que começou num ginásio em Évora fez aumentar para mais de uma centena o número de casos ativos no conselho, segundo indicou o presidente da autarquia à agência Lusa.

"O aumento de casos que se tem verificado nos últimos dias" está relacionado com "o surto do ginásio, que, com dados de ontem, tem 33 casos", explicou o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá.

O surto no ginásio foi detetado ainda este mês, estando a ser investigado pela Autoridade de Saúde Pública. O autarca sublinhou que os casos com origem no ginásio dizem respeito a “utilizadores, contactos e familiares” e que para já não existem “grande preocupação”.

Estão a ser realizados testes a contactos dos utilizadores do ginásio, portanto é “previsível que possa vir a aumentar ainda” o número de casos, acrescentou o autarca, adiantando que existe uma pessoa internada na enfermaria do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).

Em Évora, já tinham sido detetados outros dois surtos – um num lar ilegal e outro no Comando Territorial de Évora da GNR -, mas “estão controlados e em resolução”. Têm sido registados também alguns casos “pontuais” de coronavírus nas escolas e outros locais, mas Pinto de Sá garante que “não existe contágio comunitário”.

Desde o início da pandemia, o concelho de Évora já contabilizou, na terça-feira, 104 casos ativos.