Sociedade

MAI diz que houve "redução da criminalidade" em tempos de pandemia

Relatório Anual de Segurança Interna foi discutido hoje no plenário do parlamento.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou esta quinta-feira no parlamento, durante a discussão do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2019, que “em 2020, esta circunstância especial em que vivemos contribuiu para uma redução da criminalidade geral em cerca de 10%, até ao final de setembro, e uma redução da criminalidade violenta e grave em 11,4%”.

Eduardo Cabrita explicou ainda que houve uma "redução significativa" de roubos em residências, "uma tendência de ligeira descida" na violência doméstica e uma "redução muito significativa" do crime de incêndio florestal até ao mês de setembro.

No entanto, o ministro deixou um apontamento: houve um “crescimento significativo” de crimes como burlas informáticas, fenómenos online e condução sem documentação legal.

O RASI são entregues na Assembleia da República até dia 31 de março, mas este ano foi exceção devido à pandemia, sendo que o relatório referente a 2019 foi entregue no dia 30 de junho e só discutido no plenário do parlamento esta quinta-feira.