Sociedade

Grândola. Confirmados seis casos na comunidade associados ao surto na Misericórdia

 Total de casos confirmados associados ao surto na Misericórdia sobe para 17.

O concelho de Grândola detetou seis casos positivos de covid-19 na comunidade, associados ao surto identificado na Misericórdia local.

"Tivemos mais seis casos na comunidade relacionados com esse surto na Misericórdia, nomeadamente, com os trabalhadores" da instituição, indicou o presidente da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes, citado pela agência Lusa.

Os casos agora detetados dizem respeito a "pessoas que têm ligações com familiares dos trabalhadores da cozinha da Misericórdia de Grândola” e que, "apesar de estarem positivos, não apresentam sintomas". Segundo o autarca, estão todos a cumprir isolamento profilático.

Assim, o total de casos confirmados associados ao surto na Misericórdia sobe para 17, depois de terem sido diagnosticados 11 casos – referentes a seis utentes e cinco funcionários do lar.

António Figueira Medes diz que "não há registo de mais algum caso de contaminação" na Misericórdia de Grândola, estado a situação “calma”, no entanto, admite que, "com a quantidade de utentes, pode descontrolar-se se não houver bastante cuidado".

"Hoje estão a ser feitos mais de 100 testes aos utentes de todos os blocos que não tinham sido ainda testados para localizar uma ou outra, eventual, infeção. Estamos a acompanhar de perto a situação", revelou, acrescenta que a Autarquia e a Misericórdia estão "a preparar medidas de prevenção" para combater um possível agravamento da situação.

"Estamos a equipar o nosso hospital de retaguarda com mais camas, roupas e vários dispositivos de ar condicionado nos pavilhões para responder mais rapidamente à situação. Sei também que a Misericórdia [de Grândola] está a adotar medidas para isolar noutro espaço pessoas que tenham necessidade", frisou.

No total, o concelho de Grândola regista 28 casos ativos de covid-19 e 61 recuperados. Há ainda 65 pessoas em vigilância ativa.