Sociedade

PSP encerra estabelecimentos em Loures e detém proprietário por incumprimento das restrições à covid-19

O estabelecimento do proprietário detido estava a funcionar fora do horário estipulado e sem cumprir as regras de lotação, distanciamento entre clientes e uso de máscara.

As autoridades fecharam vários estabelecimentos, como cafés e bares, no concelho de Loures, e fizeram a detenção de um proprietário por violar as regras para fazer frente à covid-19, informou esta segunda-feira o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis), em comunicado.

O detido é proprietário de um café em Camarate, tem 25 anos, e já havia sido notificado pelas autoridades por não cumprir as medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

"O proprietário já havia sido autuado em 4 de outubro e em 22 de outubro pelo mesmo tipo de incumprimentos, demonstrando um completo desrespeito pelas medidas excecionais em vigor, agravado pelo facto de o estabelecimento se localizar numa zona residencial, cujos moradores acabam por serem vítimas de ruído excessivo, provocado pelo funcionamento do estabelecimento e pelos ajuntamentos de clientes que acabam por se verificar na via pública”, explicam as autoridades.

A nota refere que este estabelecimento estava a funcionar fora das horas estipuladas e sem respeitar qualquer regra de lotação, distanciamento social entre clientes e uso de máscara.

A detenção e o fecho de vários estabelecimentos resultou de um conjunto de ações de fiscalização de bares e cafés de Loures para “garantir o cumprimento das normas definidas, em especial ao nível do consumo de bebidas alcoólicas na via pública, dos horários de encerramento e de prevenção de ajuntamentos e concentrações”, justifica a nota.