Sociedade

Maioria dos cemitérios continua em funcionamento este fim de semana mas com regras sanitárias

A região Norte foi aquela que mais cemitérios encerrou, por decisão das autarquias.

Este domingo, feriado, celebra-se o Dia de Todos os Santos e a tradição manda visitar as campas daqueles que são mais próximos para lhes prestar homenagem. Mas em plena pandemia, alguns cemitérios chegaram mesmo a fechar, enquanto outros continuam a funcionar, impondo apenas algumas regras sanitárias, como o uso obrigatório de máscara e a proibição de ajuntamentos.

A maioria das autarquias decidiu não encerrar estes espaços no fim de semana, mas sobretudo no Norte, houve mais de dez concelhos que viram os cemitérios fechar, como em Esposende, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Porto, Maia, Gondomar, Estarreja, Murtosa, Oliveira de Azeméis, Vizela, Fafe, Vila Nova de Famalicão e Guimarães os cemitérios fecharam mesmo.

Para além do Dia de Todos os Santos, é também celebrado o Dia dos Fiéis Defuntos, por antecipação, que é apenas na segunda-feira, e uma vez que é altura de familiares de diferentes zonas do país se reunirem e, por isso, existe mais movimento nas estradas, o Governo, recorde-se, proibiu a circulação entre concelhos para “conter a transmissão do vírus e a expansão da doença”.