Economia

Peso da dívida pública aumenta para 130% do PIB no terceiro trimestre

A dívida pública na ótica de Maastricht situou-se em 267 mil milhões de euros, diminuindo 112 milhões de euros face a agosto, mês em que tinha batido um valor recorde, segundo o Banco de Portugal.

O peso da dívida pública em relação ao PIB subiu para 130% no terceiro trimestre do ano, mais 3,9 pontos percentuais que no segundo trimestre, segundo os dados do Banco de Portugal (BdP), divulgados esta segunda-feira. Feitas as contas, este é o rácio mais elevado desde o terceiro trimestre de 2017, quando atingiu os 131,3% do PIB.

Em termos nominais, o BdP informa que a dívida pública situou-se nos 267 mil milhões de euros, diminuindo 112 milhões de euros face ao mês anterior, uma situação justificada, em grande medida, com as amortizações de títulos de dívida no valor de 300 milhões de euros – o recuo inverte a tendência de subida verificada nos três meses anteriores.

“Os ativos em depósitos das administrações públicas cresceram 0,7 mil milhões de euros. A dívida pública líquida de depósitos diminuiu 0,9 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 241,7 mil milhões de euros”, lê-se ainda no relatório.

Recorde-se que no relatório do Orçamento do Estado para 2021, o Governo estima que a dívida pública atinja os 134,8% do PIB este ano, voltando à trajetória descendente apenas em 2021, para os 130,9%.