Internacional

Primeiro-ministro esloveno antecipa-se e dá os parabéns a Trump pela “reeleição”

Janez Jansa sempre demostrou apoio a Trump e afirmou que se Biden ganhasse as presidenciais seria “o Presidente mais fraco da história dos Estados Unidos”.

O primeiro-ministro das Eslovénia, Janez Jansa, já deu os parabéns a Donald Trump pela “reeleição”, mesmo que ainda não se saiba quem é, afinal, o novo Presidente dos Estados Unidos.

Depois da noite eleitoral de 3 de novembro, em que se conheceram os votos de maior parte dos estados norte-americanos, o primeiro-ministro esloveno considera que “é bastante claro que os norte-americanos elegeram Donald Trump”, escreveu no Twitter esta quarta-feira.

Aliás, o próprio candidato republicano declarou-se vencedor das eleições, apesar de a contagem de votos ainda não ter terminado, acabando mesmo por ameaçar que pode recorrer ao Supremo para parar a contagem de votos.

Janez Jansa foi um dos poucos líderes europeus a demonstrar apoio a Donald Trump para as presidenciais norte-americanas, chegando mesmo a afirmar que se Joe Biden fosse eleito, seria “o Presidente mais fraco da história dos Estados Unidos”.