Internacional

Fumihito foi proclamado oficialmente herdeiro do trono do Japão

O irmão mais velho de Fumihito, Naruhito, tornou-se imperador do Japão no passado dia 1 de maio de 2019, depois de o seu pai, Akihito, de 85 anos, ter abdicado do trono, trinta anos depois, dado a sua idade avançada.

O príncipe Fumihito foi proclamado herdeiro do trono do Japão, este domingo, no palácio imperial. Depois de ter sido adiada a primeira cerimónia, marcada para abril, devido ao aparecimento da covid-19, Furmihito, de 54 anos, foi oficialmente proclamado herdeiro numa cerimónia pequena liderada pelo seu irmão mais velho e imperador atual do país, Naruhito.

O futuro imperador do Japão garantiu, durante a cerimónia, que iria desempenhar as suas funções enquanto príncipe herdeiro na presença do atual imperador, a imperatriz Masako e a sua mulher, a princesa Kiko. Na mesma cerimónia estavam ainda presentes vários membros do Governo do país, incluindo o  primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga.

Naruhito tornou-se imperador do Japão, no passado dia 1 de maio de 2019, depois de o seu pai, Akihito, de 85 anos, ter abdicado do trono, trinta anos depois, dado a sua idade avançada. Esta foi a primeira vez, no espaço de 200 anos, em que um monarca japonês decide abdicar do trono em vida.

Naruhito tem apenas uma filha, que está proibida de suceder ao trono pela lei vigente no Japão, que só permite herdeiros varões, logo o segundo na linha de sucessão ao trono é o filho primogénito de Fumihito, príncipe Hisahito, de 14 anos, e o terceiro é o tio do imperador Naruhito, príncipe Hitachi, de 84 anos.