Sociedade

Portugal estabelece novo recorde diário de óbitos: morreram 63 pessoas com covid-19

Desde o início da pandemia, já houve em Portugal 183.420 casos de coronavírus em e 2.959 mortes.


Foram contabilizados esta segunda-feira mais 4.096 casos por infeção de covid-19 e 63 mortes, segundo os dados do boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS). Hoje, 9 de novembro, torna-se assim o dia em que se atinge outro número recorde de mortes diárias por covid-19, depois dos 59 óbitos contabilizados na passada quarta-feira, 4 de novembro.

Assim, desde o início da pandemia, já houve em Portugal 183.420 casos de coronavírus e 2.959 mortes.

Se falarmos em número de casos por regiões, foi no Norte onde se voltou a contabilizar o maior aumento do número de infetados, com mais 2.265 doentes, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo, com 1.217, o Centro com outros 379 novos casos, o Alentejo com mais 148 e o Algarve com 60 infetados. Nas ilhas, no arquipélago da Madeira houve onze casos nas últimas 24 horas e nos Açores mais 16 infetados.

Existem, nesta altura, 78.378 casos ativos, dos quais 1.731 foram registados esta segunda-feira.

No que diz respeito ao número de mortes diárias, também foi no Norte que houve o maior registo de mortes, com 33 óbitos, depois foi Lisboa e Vale do Tejo, com 22, o Centro com cinco mortes a lamentar, o Alentejo com uma, assim como no Algarve e na Madeira. Nos Açores não houve registo de qualquer morte por covid-19 esta segunda-feira.

Os óbitos referem-se a 25 mulheres e 22 homens com 80 ou mais anos, quatro homens e três mulheres com idades entre os 70 e os 79 anos, quatro homens e uma mulher de 60 a 69 anos, dois homens e uma mulher com idades compreendidas entre os 50 e 59 anos e um homem na faixa etária dos 40-49 anos.

Por esta altura, há 2.651 pessoas internadas, mais 129 doentes em relação ao dia anterior, das quais 391 estão em cuidados intensivos, ou seja, mais 13 do que ontem.

Houve, em comparação com domingo, mais 2.302 pessoas recuperadas, num total de 102.083 curados desde o início da pandemia.

De domingo para segunda-feira, as autoridades de saúde tiveram uma baixa de menos 418 contactos a ter sob vigilância, num total de 90.088.

Pode consultar o boletim desta segunda-feira na íntegra aqui.