Sociedade

Homem agride companheira até à morte e vive com cadáver durante dois dias em Albufeira

Mulher foi encontrada morta com marcas de violência na face e no crânio.

Um homem, de 44 anos, foi detido pela Polícia Judiciária por suspeita de ter agredido até à morte a companheira, de 44 anos, em Albufeira.

O corpo da vítima foi encontrado com marcas de violência, em especial na face e no crânio, agressões que terão levado à sua morte. O ataque, do qual o companheiro é o principal suspeito, terá sido levado a cabo na casa onde ambos, de nacionalidade sueca, viviam.

O suspeito terá vivido durante dois dias com o cadáver da companheira, segundo a Polícia Judiciária, apenas saindo de de casa para consumir bebidas alcoólicas em estabelecimentos próximos.

O detido será agora presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.