Sociedade

Funcionário dos CTT terá roubado mais de 50 mil euros de interior de encomendas

Homem é suspeito dos crimes de peculato, falsificação de documentos e violação de correspondência

Funcionário dos CTT terá roubado mais de 50 mil euros de interior de encomendas

Um funcionário dos CTT que terá roubado 51.800 euros em dinheiro do interior de encomendas foi detido na ilha da Madeira. É suspeito dos crimes de peculato, falsificação de documentos e violação de correspondência.

Segundo a Polícia Judiciária, a detenção partiu de uma denúncia feita pelos próprios serviços de auditoria e inspeção dos CTT, pelo que foi dado o cumprimento de mandado emitido pelo Ministério Público – DIAP do Funchal.

Depois de realizadas as diligências, o dinheiro foi recuperado praticamente na totalidade. O funcionário, de 47 anos, vai ser presente às autoridades judiciárias em breve para a aplicação de medidas de coação.

Os comentários estão desactivados.