Sociedade

Nunca se tinham registado tantas mortes por covid-19 num só dia em Portugal: Foram mais de 80

Até então, o recorde de óbitos pertencia ao passado dia 9 de novembro, com 63 mortes. Só no Norte registaram-se mais de 40 mortes.

Portugal registou, esta quarta-feira, um novo máximo diário de óbitos por covid-19. De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), nas últimas 24 horas morreram mais 82 pessoas no país, o valor mais elevado num só dia desde o início da pandemia.

Até então, o recorde de óbitos pertencia ao passado dia 9 de novembro, com 63 mortes. Destes 82 óbitos, 44 ocorreram na região Norte, 19 em Lisboa e Vale do Tejo, 17 no Centro e dois no Alentejo. Tanto o Norte como o Centro nunca tinham registado tantos óbitos em 24 horas.

No total, Portugal regista já 3.103 mortes devido ao novo coronavírus.

O boletim desta quarta-feira revela ainda que, nas últimas 24 horas, foram diagnosticados mais 4.935 casos de covid-19, elevando para 192.172 o total acumulado de infetados no país desde o início da crise pandémica.

A região Norte continua a ser a que concentra a maior parte dos novos casos, com 2.845 diagnósticos. Segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo, com 1.185 novos casos, o Centro com mais 743, o Algarve com mais 80 e o Alentejo com mais 44. Já os Açores reportaram mais 21 infeções, enquanto a Madeira contabilizou mais 17.

Também o número de doentes internados devido à covid-19 continua a subir. Estão agora hospitalizadas 2.785 pessoas, mais 43 do que ontem. Destas, 391, mais nove face ao último balanço, estão em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

Por outro lado, mais 3.475 pessoas recuperaram da doença. São agora 110.353.

Há agora 78.716 casos ativos em Portugal e as autoridades de saúde têm 89.107 contactos em vigilância.

Consulte aqui o boletim na íntegra