Sociedade

Com pena suspensa por violência doméstica, agride e ameaça de morte ex-mulher

Depois de ter sido dado cumprimento a um mandado de detenção, homem foi presente a primeiro interrogatório judicial onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência e de quaisquer locais frequentados pela vítima e proibição de contactar com a mesma.

A GNR deteve um homem, de 62 anos, por violência doméstica, esta terça-feira, no concelho de Gondomar.

Em comunicado, esta quarta-feira, a GNR revela que no âmbito de uma investigação por violência doméstica contra a ex-mulher, os militares apuraram que o suspeito, já condenado a uma pena de prisão de três anos pelo mesmo crime, terá injuriado, ameaçado de morte e agredido fisicamente a vítima, de 59 anos, ainda durante o período de suspensão da pena, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência e de quaisquer locais frequentados pela vítima e proibição de contactar com a vitima por qualquer meio, medidas controladas por pulseira eletrónica.